sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Fizeram a gente acreditar!

 (Última foto tirada de Lennon vivo,4 horas antes de sua morte,esta foto veio a ser a capa da revista rolling stone)

Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra nós que amor não é acionado, nem chega com hora marcada. Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável. Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada "dois em um": duas pessoas pensando igual, agindo igual, que era isso que funcionava. Não nos contaram que isso tem nome: anulação. Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável. Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora de hora devem ser reprimidos. Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto. Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade. Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras alternativas. Ah, também não contaram que ninguém vai contar isso tudo pra gente. Cada um vai ter que descobrir sozinho. E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém.


John Lennon


Uma musica linda de Lennon, e imagens dele e sua mulher Yoko!







Confesso que quando vi este texto em um outro blog, eu tive que compartilhar, Lennon pode não estar mais entre nós, porém com poucas palavras ele sempre mostrou compreender o mundo de uma forma superior, ele sempre foi um vizionário.
Enquanto lia suas palavras, um filme passou entre meus olhos, cada palavra transborda verdade, vivemos em um mundo onde sempre somos idealiazados sobre o certo e errado do ponto de vista de outros, o incomum e diferente é julgado e reprimido,somos obrigados a reprimir nossos desejos em busca de  aceitação,somos ensinados a nos vestir como os outros, a agir como eles, a gostar do que eles gostam. Somos subtamente sucumbidos com esta ideia fixa de que devemos seguir a formula perfeita de cazar e ter família antes dos Trinta, e se não seguirmos esta regra, somos anormais.
Eu digo, seguir o coração nem sempre é possível mas devemos ouvi-lo apenas, o tempo não é curto ele é estenço e podemos esperar a encontrar alguém como Lennon disse, e vale ressaltar "E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém."
A partir do momento que começarmos a nos amar, ai sim estaremos prontos para amar um outro alguém, a partir do momento que aprendermos com os erros aprenderemos a lidar com nossa própria vida. A vida é uma só não vamos perder tempo tentando ser o querem que sejamos e vamos ser quem somos! Sozinhos ou não o importante e nescessario já temos, nós mesmos, "A questão não é viver para sempre, é conviver consigo mesmo para sempre!"
Não se render a idealismo imposto pela sociedade, e viver a vida do jeito que ela deve ser é o caminho talvez ,não o mais fácil, ou ate mesmo possível, mas mesmo assim o mais desejável, amando livremente e tendo paciência em esperar o momento certo para crescer,amadurecer e amar.

domingo, 19 de setembro de 2010

Viver a Vida




 A vida nada mais é  que acompanhar os anos passando enquanto envelhecemos e adquirimos experiêcias e recordações.
 Para alguns seres é algo ainda mas simples  nascer, reproduzir e morrer.
 Mas espera um pouco! nao podemos ficar sentados em uma sala de escritorio ou dentro de uma casa ou ficcionar nossas metas em simples padrões, cazamento e emprego,temos que  viver um pouco,quebrar os padroes sair fora da linha ou como minha mae mesma diz "Se perder neste mundo mundano!"

 Mas que tudo temos que as vezes deixar de lado o nerd, esquecer a filhinha do papai, e simplismente sair seja para onde for cair na estrada ate encontrar algo diferente novo que voce nunca tenha pensado em ir.A vida passa tao rapido e nos na maior parte do tempo nao vazemos o que gostamos por  simplesmente temer nao seguir os padroes "Certos", mas pera ai qeum disse que so porque voce frequenta clubes,boates e barzinhos que voce nao  é de boa indome que voce nao é uma pessoa de respeito? é claro nao tiro o direito de pensarem isso mesmo porque nestes lugares realmente vce encontrara varias coisas, mas cabe a voce se diferenciar de qualquer tipos.

O segredo nao esta em encher a cara e sair beijando todo mundo nao, isso nao, isso sim é ser oque pessoas ignorantes esperam que sejamos, mas digo, sair dançar a noite toda, ou tomar um lanche  com os amigos em qualquer lanchone de esquina, ate um passeio no zoologico da cidade ja vale!
Aproveitar cada momento como se fosse o único. Pegar um momento tragico como se perder em uma cidade disconhecida, e ainda rir daquilo tudo, movimentar todos os amigos para sair, e chegando la perceber que o lugar era pessimo e que vcs so se divertiram so por estarem juntos.



Então proponho algo hoje proponho que neste proximo final de semana que mudemos nossa rotina, indo em lugares diferentes do cotidiano, que elevaremos a um outro nivel de conhecimento sobre nós mesmos que por uma noite sorriremos nao para parecermos mais sociaveis, que não nos preocuparemos se estamos arrumados ou descabelados, vamos viver o momento. E é claro com moderaçao sem striptease em publico ou qualquer outro ato explicito hein kkkkk Brincadeira!

 È como diz a Musica "EXtravaza libera e joga tudo no ar eu quero ser feliz antes de mais nada"..."solte suas feras e abra suas assas, caia na gandaia e entre nesat festa!"...Se divertir sorrir e cantar seja voce mesmo!


sábado, 11 de setembro de 2010


Te vejo errando e isso não é pecado,
Exceto quando faz outra pessoa sangrar,
Te vejo sonhando e isso dá medo,
Perdido num mundo que no dá pra entrar

Você está saindo da minha vida
E parece que vai demorar
Se não souber voltar, ao menos mande notícias
Você acha que eu sou louco
Mas tudo vai se encaixar
Tô aproveitando cada segundo
Antes que isso aqui vire uma tragédia
Você tá sempre indo e vindo, tudo bem
Dessa vez eu já vesti minha armadura
E mesmo que nada funcione
Eu estarei de pé, de queixo erguido
Depois você me vê vermelho e acha graça
Mas eu não ficaria bem na sua estante

E não adianta nem me procurar
Em outros timbres, outros risos
Eu estava aqui o tempo todo
Só você não viu

Só por hoje não quero mais te ver, só por hoje não vou tomar minha dose de você
Cansei de chorar feridas que não se fecham, não se curam
E essa abstinência uma hora vai passar!







Esta musica da Pitty tras a tona sentimentos, que todos nos temos ou ja sentimos um dia por alguem. Aquela coisa classica de amar mais qeu a si proprio, e se esquecer que no mundo ha outras chances e oportnidades de ser feliz
Ela mostra a libertaçao porque por mais que doa, temos que estirpar tudo aquilo que nos feri ou mahuca, nao adianta continuar nos enganado quando ano é para ser nao é,alguams vezes esat esatmpado nos nossos rostos so agente nao ve, porque é duro encarar o espelho da verdade, e preferimos continuar na "estante" esperando alguem vir e nos tirar dali. Mas nem sempre quem queremos que nos tira é a pessoa certa.
Nos perdemos no tempo ha espera que percebam que estamos ali,mas quando realmente conseguimos o que queriamos paramos e pensamos se aquilo ali relamente é o que queremos, se vale a pena mesmo, se tudo o que fizemos por aquela pessoa ela faria por nos.Essas duvidas nos levam a reavaliar esat "relaçao", e tomamos nossas descisoes  as vezes nao conclusivas mas sim reflexivas,damos um tempo.
E é isso que irei fazer agora, nao dianta nem me procurar, eu quero um tempo deste marasmo emocional, quem ssabe como isso termina,ninguem sabe mas esperamos que termine bem,se houver arrependimentos que sejam para o bem.

Bem esta é minha Roleta Russa, esta é a essencia do meu blog, o motivo dele se chamar assim, a vida é uma Roleta Russa tomamos descisoes e temos que aprender a conviver com isso sendo bom ou nao.



terça-feira, 7 de setembro de 2010


Eu te amo.



Eu realmente te amo, nos seus defeitos,
quando me irrita, quando não faz do modo que eu quero,
quando eu digo que não quero mais, eu amo.

 

e quando eu penso que já nem sinto nada,
eu sinto tudo, sinto a falta e o medo
de perder, quando eu imagino o futuro sem você,
eu só me engano não há escapatória
a não ser me imaginar contigo.

 

Eu tenho uma mente confusa e que
muitas vezes me trai, me obriga a acreditar no que não vejo
imaginações e falsas realidades,
Essa minha falta de segurança,
esse meu medo demasiado...

 
tudo isto se resume ao fato de te amar,
te digo pois, sinto que não posso conter isto dentro de mim
queria gritar, por pra fora de algum modo
te devorar, te prender em uma jaua
doença minha, o meu modo louco de amar.

 

Saiba que estarei sempre aqui,
não posso te prometer amor eterno,
mais hoje eu sou seu para sempre,
não posso prever o futuro
mais imagino (espero e anseio) nós dois juntos até lá,
(...)E que o tempo que passa por não quebre esse elo jamais.


 
video

PS: este texto não é de minha autoria, mas é exatamente o que procurava. Quem o fez.. meus parabéns!

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Reflexão




(cena de Brilho eterno de Uma mente sem lembranças)



Sentimento?



Os classificamos o real como algo que possamos tocar, ou ver, então como temos certeza que o sentimento existe ele é com um fantasma... só podemos senti-lo jamais velo tocá-lo... É como vento... É existente e inexiste...



Então como podemos saber que ele realmente existe os sentimos desde que nascemos. Raiva, alegria, amor...

Essa força... Governa-nos, modifica pensamentos... Cria verdades mentiras transforma. Uma simples troca de olhares o maior significado de uma enorme paixão... O coração dispara, a mao fica fria, o ar aprece faltar. Assim falando já temos idéia de qual sentimento me refiro... O amor. Assim como se descrevesse uma explosão de energia tão grande que causa relaxamento, uma vontade de sorrir... Classificamos isso como felicidade alegria.

O sentimento é um tanto contraditório, quantas vezes vemos historias de pessoas que matam um ao outro por amor. Um pergunta? Como isso pode ser classificado como amor, quando matar é uma ação movida de ódio? As pessoas perderam o significado, não compreendem o que é amar, odiar ou simplesmente ser feliz. Procuram felicidade em riqueza, desde quando o dinheiro traz essa sensação ele apenas proporciona situações p/ que elas aconteçam, mas não significa que sem ele essas situações aconteçam!

Hoje pessoas casam e separam quase que em seguida. Onde está o valor dos votos? Onde esta o amor, que antes era tão evidente? Essa é a prova que sentimentos nem sempre podem ser compreendidos corretamente pensamos amar quando somente estamos apaixonados, e somos capazes de loucuras tentando apenas ficar junto da pessoa que mantemos esse sentimento!

HA pessoas que passam uma vida sem saber o que é amar, ha pessoas que amam toda uma vida uma pessoa que não a ama, ha aquela minoria que ama e é amado por toda sua vida.

NO meu conceito o sentimento é percebido a flor da pele, são aqueles sinais percebidos no olhar na respiração no toque. Não confio nas atitudes porque elas podem ser contraditórias manipuladas, mas não um olhar ele revela muitas coisas, ele liberta nossa alma.

Tenho medo de nunca amar, tenho medo de passar toda uma vida sem sentir como é, (dramático) não me refiro ao sentimento, porque amar, já amei, mas me refiro a algo recipoclo, uma proporção dividida em Dois.Ha pessoas que aparecem em nossas vidas e deixam suas marcas, mas nem sempre essas marcas são boas, nos últimos tempo percebo que minha escolhas estiveram todas erradas fui movido por sentimentos que ano pude classificar carência se tornara em minha boca amor.

Não me envergonho em dizer que errei, não voltaria atrás, muito menos viveria novamente aquela explosão sentimental que incumbiu minha vida por certo período. Tudo acontece por um motivo, pensamos que os sentimentos sempre são os mesmo mas nos enganamos, porque ate eles amadurecem.... OU seríamos nós que aprendemos a conte-los?

Sinto saudades, às vezes não me controlo tento esquecer tenta não tocar no nome finjo não estar nem ai, mas basta um olhar, uma palavra e volto atrás. Isso seria amor? Não quero saber tenho medo. o amor dói, faz das pessoas mais complexas e controladas.. Completas loucas nubla suas mentes com esperanças, que nem sempre são alcançadas. Sempre me envolvo bad romances (romances maus), fica difícil se envolver sem medo quando você já sabe o que se resultara toda sua esperança.

Queria estar perto, mas me afasto, dizem que gosto, mas critico e brinco, atitude infantil? Talvez, mas encaro mais como uma forma de defesa, minha única arma contra a incerteza.

O sentimento é o que nos movimenta, que nos motiva, que nos governa. Senti-lo é a certeza que vivemos uma vida com pesares, claro a tristeza é dura, mas necessária, mas ainda sim certeza que cada situação cada alegria, medo, ódio, amor vingança, tudo isso valeu em nos ensinar a verdade da vida, que sem eles ela não existiria e não teria significado.



Temos muitas vezes vergonha de demonstrar nossos sentimentos abertamente, este é um erro contraditório!

video

Esta musica é mais uma modinha POP, mas concerteza se assistirema ao clipe sem preconceitos quanto a isso, acredito que entenderam que o conteudo é bem mais reflectivo do que o esperado!